Pesquisar este blog

Translate

terça-feira, 22 de outubro de 2013

CADFREELA #38: Vacas Magras x Vacas Gordas

 

Quando estamos na vida profissional sempre desejamos a vida sempre em VACAS GORDAS

- bons e altos rendimentos
- qualidade de vida
- conquistas pessoais
- vida saudável
- parceiros, fornecedores, clientes .... maravilhosos

Nem sempre é impossível encontrar momentos como esses MARAVILHOSOS, mas é nesses momentos que nos distraímos e caímos na pegadinha das VACAS MAGRAS

- atraso nos pagamentos
- enrolação com clientes, parceiros, fornecedores
- situação economica desfavorável
- cancelamentos 
- falsas promessas
- trabalhos pouco favoráveis

A tristeza de ser um FREELANCER e se encontrar no momento de VACAS MAGRAS é de não estar preparada para isso:

- naquele dia que você fica doente
- numa época que está com pouco serviço ou nenhum
- quando o computador precisa de conserto
- nos dias que os trabalhos aparecem, mas por motivos diversos você não pode ou não deve aceitar.

Mas há momentos de VACAS GORDAS e é nesse momento que temos que ter toda a atenção

- realizar o melhor trabalho possível, para ser indicado a novos trabalhos
- manter contato com os parceiros, clientes, fornecedores para manter e criar uma rede de contatos para futuros trabalhos
- criar uma rede de divulgação: redes sociais, blogs, classificados, sites, mala direta, visitas ....
- aprender e se desenvolver para ampliar as possibilidades de mercado.

Eu como freelancer a cada dia descubro novos erros e acertos

- por exemplo a dificuldade de trocar ideias com outros freelancer tanto para parcerias como para novos aprendizados, por ser uma atividade praticamente solitária.
- a cada dia entram no mercado novos freelancers pela lógica de mercado que vem se estabelecendo, onde quem trabalha em empresas, busca a atividade freelancer como um adicional de renda.
- a procura para trabalhos de TCC/TFG/TGI que em minha opinião são anti-ético.
- alguns nichos de mercado mais procurados, mas que necessitam de mais ferramentas de trabalho (software, hardware)

E ASSIM CORREMOS EM BUSCA DE NOSSAS VACAS GORDINHAS TODOS OS DIAS,
ou pelo menos é o que deveríamos fazer, vocês estão fazendo isso?


.
Para contribuir com a postagem deixe seu comentário
com dúvidas, sugestões, críticas ou elogios
.


Autocad #21: Desenho Peludo



As novas tecnologias não barraram os vícios e enganos que todos precisam passar para dominar as técnicas de desenho.
Quando somos crianças e fazemos lindos desenhos que somente a nossa imaginação pode explicar, com o tempo ou desistimos dessa arte ou nos aprofundamos mais, e chega um momento em que as réguas, esquadros e compassos, limitam a nossa expressão.
   


Para o desenho técnico os chamados: DESENHO PELUDOS é praticamente um crime, pois com tantas ferramentas de desenho como pode acontecer que uma única linha reta seja formada de milhares de tracinhos sobrepostos ?!?!?!
Atentados como esses só são permitidos aos artistas ou aqueles que se tornam mestres.


Ou muitas vezes encontramos desenhos mais expressivos em perspectivas, aquelas feita manualmente, que hoje vem muitas vezes substituídas pelas maquetes eletrônicas.

Mas a questão aqui não é discutir a briga entre o papel e a grafite, mas sim entre as linhas desenhadas pelos comandos do autocad.
Parece impossível acreditar que aconteça a sucessão de tracinhos sobrepostos nos desenhos assistidos por computador, e não fique aí achando que isso acontece somente com o autocad.

Mas para salvar muita gente de se suicidar, ou jogar o computador pela janela, ou passar vergonha em alguma situação profissional.....


Eis que me apresentaram um comando que entende que aquela sucessão de tracinhos é uma única linha.

OVERKILL = matar todas aquelas linhas que deixaram o seu desenho peludo.

Mas use com moderação, vai que tem linhas que eram pra ser assim mesmo peludinhas.


 
* escrita livre
link de outras dicas de AutoCAD

.
Para contribuir com a postagem deixe seu comentário
com dúvidas, sugestões, críticas ou elogios
.

Marcadores