Pesquisar este blog

Translate

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Cadista Freelancer #31:Cozinhando o Projeto [VEDA #27]:


Toda casa precisa de uma cozinha, e toda cozinha precisa de muitos armários, afinal a cada dia que passa temos mais eletrodomésticos para nos auxiliar nas tarefas domésticas, muitos utensílios para guardar.

A COZINHA é a a parte que tem se tornado mais exigente dos projetos de decoração, sendo assim, a parte que mais exige de fato um projeto, difernte de outras áreas que nem sempre precisam ser feito uma projeto concreto, com toda as peças de desenho, basta muitas vezes um layout, algumas vistas, valendo muito mais fotos de mobiliário e ideias de ambiente.

Em se tratando de projeto concreto, temos para a COZINHA, como para outros ambientes que necessitem de projeto executivo, a cozinha se tornou a que mais exige peças de desenho:


- PAGINAÇÃO (paginando) = indicando as dimensões de piso, azulejo, ou materiais de revestimento de pisos e parede, que componha com a parte de marcenaria, bancada e eletrodomésticos.


- ALVENARIA (detalhando o projeto) = alguns projetos levam em consideração a alvenaria como construção de um mobiliário ou complemento ou reforço, para compor ou igualar uam bancada, por exemplo.


- MARCENARIA (projeto de marcenaria) = armário e o que não falta numa cozinha, gavetas, prateleiras, nichos, ...., que funcionam como organizador da lógica do preparo de alimentos, assim temos o depósito de mantimentos com armários, a área de preparo de alimentos com bancadas, área de limpeza, .....

- ELETRICIDADE (elétrica x iluminação) = com tantos equipamentos o projeto elétrico agrega a funcionalidade e a praticidade da distribuição e dimensionamento das necessidades de pontos elétricos necessários, geladeira, microondas, fogão, coifa, forno, batedeira, liquidificador, cafeteira, cooktoop, lavalouça, ......




- LAYOUT = antes de tudo o projeto precisa passar pela distribuição para melhor utilização do espaço, pois normalmente na decoração o espaço disponível já existe, com formatos e posicionamentos pré-definidos, porém pela posição de portas janelas formato e dimensão do espaço.

- HIDRÁULICA (projeto de instalações) = pela distribuição pelo layout, e pela organização do espaço se define uma área de limpeza que exige um ponto de água e esgoto, afinal uma dos requisitos da cozinha é a assepsia.

- MÁRMORE (paginando) =  é comum a útilização de muitos materiais, dentro da cozinha, e as pedras já são consideradas materiais muotas vezes obrigatórios, principalmente, para bancadas, se tornando assim mais uma demanda de desenho.

- OUTROS = assim como cada caso é um caso, pode haver demanda de peças gráfica para outras exigências, também há oportunidade de desenhos nos nichos específicos com maior detalhamento de projeto, como em marcenaria desenvolver modelos e padrões como móveis planejados.

domingo, 28 de abril de 2013

Cadista Freelancer #30: Onde estão os clientes ou parceiros?

CADÊ OS CLIENTES QUE EU NÃO ACHO?

No meu caso são parcerias que faço, onde desenho para outras pessoas, que estão sem tempo, ou estão com trabalhos extras que comportam em seus escritórios, e assim por diante.

Mas como saber onde estão essas pessoas que procuram desenho?
Você acha que eu tenho a resposta para essa pergunta?

Se tivesse a resposta acho que não estaria aqui com tempo para escrever para uma blog, ainda mais contando sobre isso......kkkkkkkkkk

Bem mais eu consegui encontrar algumas parcerias não é verdade. (Parcerias)



1- ESTÁGIOS = para quem está em curso técnico, faculdade, que lhe dá a oportunidade ou a obrigação de fazer estágios, aproveite, pois e você não for efetivado pode ser que você continue fazendo trabalhos freelancer, mas para isso você precisa ser aquele NERD do CAD, ou do 3D, ou qualquer coisa que o destaque, no caso de projetista, acho que vale fazer cursos, ou treinar em casa, ou sei lá se vira nessa parte, ou releia o poste de dicas para que quer ser projetista: desenho-como-fazer.html.
Problema: normalemte como estagário o seu valor de mercado é muito baixo, e sendo assim fica mais fácil trocar você por outro estagiário continuar com os seus serviços, sendo assim, tente ser o mais indispensável possível pelo maior tempo que conseguir.

2- TRABALHOS = antes de partir para carreira solo ou entregar os pontos, vá em busca de empregos de projetista, existem muitos por aí, de todos os tipos, e a partir daí evite a todo custo arranjar briga, pelo menos na área de arquitetura o pessoal é muito sensível, pela parte artística que rege a alma desses possíveis parceiros,assim você pode ser chamado novamente após o período de entre safra, ou mesmo ser indicado para outros trabalhos. (
Problema: Da mesma maneira que existe muito trabalho para projetista por aí existe também muito projetista procurando serviço, a concorrência é muito grande: cadista, arquitetos, engenheiros, estagiários, mecânicos, ......., por isso faça sempre o tal do marketing pessoal, ou seja, você precisa ser sempre o funcionário do mês, mesmo o serviço não sendo o que você sonhava, pois talvez esse seja o caminho para os seus sonhos

#SER RICO, #VIVER DE BRISA, #ABRIR SEU PRÓPRIO ESCRITÓRIO, #SAIR DA CASA DOS PAIS, #VIAJAR O MUNDO, #COMPARA UMA CASA OU UM CARRO OU UMA BICLETA, # # # # # # # # # # # #

3- PORTIFÓLIO = esse vale sempre, vale tudo desde uma pastinha com elástico com folhinhas sulfites, até uma encadernação brochura com papel cochê, só não vale ter nada, alegando que nunca fez nada na vida, se não fez nada comece a fazer então, então já comece fazendo aqueles trabalhinhos de escola que você acha besta com mais seriedade, com a internet, monte também portifólios digitalizados, seja escaneado, fotografado, album no facebook, no orkut, em blogs, fotologs, como já disse VALE QUALQUER COISA, MENOS NADA. (Portifólio)
Problema: normalmente o portfólio profissional de coisas que você fez enquanto trabalhava para alguém, não é permitida a sua divulgação e muitas vezes esse portfólio não lhe representa, sendo assim se for utilizar esse portifólio vai ser necessário dar os créditos para essas outras pessoas, então sendo assim valorize ainda mais os trabalhinhos bestas da escola, pois esses sim são somente seus e de mais ninguém, mesmo que seja em grupo, o trabalho ficou foi com você.......hahahahaha

4- CARTÃO DE VISITA = das duas uma ou você é ou terá que ser cara de pau, ou seja, saia por aí distribuindo os seus serviços, tipo panfletando mesmo, vale apelar para todas as ferramentas que você possui: MALA DIRETA, SPAM DE EMAILS, COMENTÁRIO DE FACEBOOK, CARTINHAS, CARTÃO DE VISITA, IR NAS FEIRAS, DE PORTA EM PORTA........
Problema: a regra é mais ou menos assim, para cada 100 tentativas somente 1 funciona, afinal que é você que só de distribuir seu cartãozinho vai conseguir alguma coisa? mas é nesse 1 que você vai se apagar, pois aí vamos a próxima dica.

5- BOCA-A-BOCA = essa todo mundo sabe que funciona, mas para alcançar um sucesso no BOCA-A-BOCA, você vai precisar passar por todas as outras etapas, e investir pesado no marketink pessoal, afinal vender um serviço é necessário se vender (projetos possiveis).
Problema: esse processo é um tanto lento, principalmente se você tem certa dificuldade em ser cara-de-pau, se você achava que bastava somente aprender a desenhar, e não a aprender um pouco de marketing e publicidade, e um pouco de administração para tornar esse serviço um produto vendável, que você é PROFISSIONAL, não um AMADOR.



Se achar interessante deixe seu comentário

Arquitetura #06: Estrutura da Pioneiria

Essa semana estava entretida com uma prova de Resistência dos Materiais, mas conhecida com RESMAT, já que estou cursando Edifícios na FATEC.

Para todas as áreas envolvidas na construção civil, a parte estrutural tem sido o CALCANHAR DE AQUILES, de muita gente, pois é a estrutura que trabalha e promove que o produto da construção civil alcance os outros níveis que a compõe.

PONTES, VIADUTOS, EDIFÍCIOS, TORRES, CASAS, ESTÁDIOS, GINÁSIOS, PALÁCIOS, PISCINAS, ESTAÇÕES, AEROPORTOS, TÚNEIS, .......

No Brasil ainda é pouco explorado as vertentes e as possibilidades que uma estrutura pode alcançar.

Normalmente quem se aventura em abusar da estrutrura cria uma marca.

Pesquisando do GOOGLE: Niemeyer (Brasília, MAM.Niterói), Ruy Otake (Hotel Unique), Marcos Acayaba (Residências), João Filgueiras Lima (Rede Sarah Kubitschek), Lina Bo Bardi (MASP), Afonso Reidy (MAM.RJ), ......














Mas para alguém como eu que teve a oportunidade de conhecer um pouco sobre PIONEIRIA ESCOTISTA, outros tipos de estruturas são da mesma forma surpreendentes, que com BAMBU, SISAL e FACÃO é possível fazer, de maneira intuitiva, por tentativa e erro, ensinada por pessoas que muitas vezes não tem nenhum conhecimento acadêmico de estrutura.










Vale conhecer também as estruturas internacionais que tentam desafiar as leis da física, com edifícios altíssimos, pontes longuíssimas com o mínimo de apoios possível, desafiando as leis da natureza, com construções que vencem com aerodinâmica os ventos, peças autoportantes, para suportar tremores, e muitas outras conquistas que o estudo de estruturas pode alcançar.

Sendo os japoneses os mestres da ARQUITETURA COM BAMBU.







Um dos tipos de projeto que exige formação de engenharia, é o projeto de estruturas, já que projetista de estrutura também necessita calcular e dimensionar a estrutura que será empregada na construção.

Mas se tudo mais falhar chame um escoteiro, um bandeirante ou um desbravador.


sexta-feira, 26 de abril de 2013

Cadista Freelancer #29: Orçando o projeto

O cliente final costuma pensar que o custo de sua obra, se resume aos materiais que são gastos para a construção, mais a mão de obra, e a administração do ARQUITETO ou ENGENHEIRO.

Mas tem muitos outros custo dentro dessa INDÚSTRIA que se chama construção.




Ouvi essa palavra para definir a construção e ela tranforma todo o conceito de construção que eu tinha, não sei como é esse conceito para outras pessoas que trabalham nessa ramo industrial.

A obra tem sido vista com algo muito artesanal somente em construções de grande porte, como edifícios, pontes e viadutos, hidrelétricas, ....., que a construção é levada mais a sério, com mais rigor tecnológico e uma visão totalmente industrial, com controle tecnológico, equipamentos adequados, profissionalização, .....

Sendo assim o custo de uma obra seja ela grande ou pequena, precisa considerar esse processo industrial, e o projeto é aquele que de certa forma que orienta todo o processo, então precisa ser considerado com custo também, afinal horas de pesquisa, desenho, medição, levantamento de dados, visitas, documentação ....., custa tempo e dinheiro

1-VISITA: locomoção, estadia, .....
2-MEDIÇÃO: locomoção, material, auxiliar de medição, ...
3-LEVANTAMENTO DE DADOS: legislação, cópias, documentos.....
4-PESQUISA: equipamentos, fornecedores, dados, .....
5-DESENHO: equipe, equipamentos, café,....
6-DOCUMENTAÇÃO: plotagem, impressão, memoriais, cópias, ....



GARGALOS
ORIGEM DOS GARGALOS
ELIMINADOR
PLANO DE TRABALHO
Falta de construtibilidade
Definição do empreendimento
Entrada do conhecimento no início da construção
Projeto de pesquisa para desenvolvimento de um sistema especialista para construtibilidade
Processo de escolha de empreiteiras e fornecedores
Especialistas em projetos, Definição do empreendimento
Abordagem do projeto e construção
Projeto de pesquisa comparando métodos convencionais com os baseados na aquisição de informações
Carência de habilidades artesanais
Gerenciamento especializado
Dar poderes para o artesão
Pesquisa do gênero, no que poderia ser mais efetivo nas decisões de projeto e níveis de fazer decisões
Normas da construção
Gargalo externo
Fazer regras implica no melhor conhecimento
Desenvolver uma base de dados da legislação nacional
Fatalismo de projeto
Gargalo externo devido à cultura da indústria
Maior atenção nas conseqüências do projeto
Estudos de pesquisa de ação baseados em novos estudo pilotos da cultura do projeto
Desconhecimento de prioridades dos critérios do projeto
Definição do projeto fraca (pobre)
Melhorar reuniões com clientes
Preparação de linhas mestres para o encontro com clientes de modo a forçar a priorização
Limites da especialização dos projetos
Gargalos externos na profissão, educação
Educação multi-disciplinar Grupo de trabalho multifuncional
De primeiro grau

Divisões tecnológicas, divisões de tempo, divisões de territórios, posição
Formar um grupo de informações e priorizando a responsabilidade comum de projeto
Pilotar um escritório virtual, pesquisando redes de trabalho CAD/CAM; Engenharia simultânea
Ponto de vista institucional
Gargalos externos causados por ações de instituições profissionais
Reforma de instituições
Pesquisa sociológica nos papeis das profissões modernas
Conhecimento deficiente em aplicações tecnológicas
Gargalo externo ao meio ambiente
Mais protótipos
Desenvolvimento e adaptação de protocolos de projeto e pesquisas de projeto baseadas no estudo de caso.

Fonte : Betts, M. et alli. A scoping study for a process strategy for the UK construction industry. p.33




Cadista Freelancer #28: Corpo são

Desde que projetista é projetista, o corpo teve que  se moldar as condições de trabalho.

Antes era as pranchetas, onde se debruçávamos sobre elas, sobre as pranchas de papel, seria mesmo um surf para alcançar o resultado gráfico desejado.

Depois vieram os computadores que nos coloca horas na mesma posição de trabalho, porém nos igualamos com as diversas profissões que também utilizam o computador em suas tarefas.

Ou seja, com seria um corpo moldado pela prancheta, será que se iguala ao corpo moldado ao computador?

Muitos projetistas trabalham sob o regime de freelancer, seja em seus home offices, seja no, offices oficiais, e isso nos coloca em uma situação de desproteção pela saúde.

Não tenho nenhuma estatística ou dados reais para afirmar sobre a saúde dos projetistas, mas pela minha vivência nessa área, não vejo pessoas saradas, com cara de que dormiu bem, normalmente cultivam uma coluna encurvada, tem tendência a palidez, e conforme o descuido isso se agrava durante o tempo.

Como isso não e regra, mas tem sido muito comum a mim, as vezes nos é enviado um sinal de alerta para tomarmos mais conta da saúde.

Deduzindo assim a condição em que se encontram os projetista, deve ser comum, haver queixas para a COLUNA, PESCOÇO, BRAÇO, VISTA, QUADRIL, CANSAÇO, DESNUTRIÇÃO......


Mas como manter esse corpinho desmilinguido firme e forte?

EXERCÍCIOS = essa todo mundo já sabe que tem que ser feito, mas o corpo já está tão acostumado a ser sedentário que manter uma rotinna de exercícios fica cada vez mais sofrido, então vamos colocar alguns novos hábitos nessa rotina sedentária.
subir escadas, evitar escadas rolantes e elevadores, caminhar mais, alongar-se durante o dia, fazer as atividades do dia a dia com mais vigor .........e conforme o possível praticar uma atividade física regularmente, corrida no parque, natação, dança, academia, futebol, ginástica, ........


AMBIENTE DE TRABALHO = a palavra aqui é ergonomia, isso é um investimento no seu trabalho, manter um lugar de trabalho com cadeiras mesas e equipamentos adequado a lhe manter uma postura correta de trabalho, esse ítem é bastante importante porém não é fácil encontrar ambientes de trabalho perfeitos, como cada pessoa tem uma forma própria a sua estrutura corporal, conforme possível adapte ou construa um espaço de trabalho que lhe gere melhor conforto e menor prejuízo ao corpo.


ALIMENTAÇÃO = já deve ser parte da rotina comer lanches em cima do computador, até por que mesmo não se trabalhando o tempo inteiro, o computador virou um ambiente onde muita gente fica a maior parte do tempo, mandando emails, vendo notícias, acessando as redes sociais, praticando outras atividades de lazer como jogos e vídeos, ........., então vamos comer direito, para repor todos os  nutrientes necessários para manter o corpo em bom funcionamento, vale sim apelar para vitaminas, suplementos, alimentos enriquecidos, e tudo mais que tiver disponível, sem esquecer que cada ser humano tem suas especificidades alimentares, mas de modo geral, acredito que, deve estar fazendo falta beber bastante água, comer salada e frutas, carnes magras, vitaminas para a pele, para os músculos, ......



SOL = saia da toca, com o corpo sedentário, mal alimentado, começa a se criar uma tendência de querer sempre ficar na sua toca, então saia, passeie, tome sol, vá a praia, ao clube, visite os pontos turísticos da sua cidade, encontre os amigos, participe de grupos, tenha um hobby, leia um livro, vá ao cinema ou ao teatro, ou seja, não viva só em função do computador.







segunda-feira, 22 de abril de 2013

Arquitetura #05: Paginando

Diagramação (ou paginação) é o ato de diagramar (paginar) e diz respeito a distribuir os elementos gráficos no espaço limitado da página que vai ser impressa ou outros meios. (Wikipédia - Diagramação)


Algumas vezes o projeto visa propor um desenho na parede, no piso, num plano de fachada,..... que chamamos de PAGINAÇÃO.


PISOS = para compor um projeto bem pensado se faz necessário definir uma paginação de piso, com recortes, tipos de material, cores, tons, ângulos,.....
- madeira, mármore, granito, cerâmica, porcelanato, piso elevado, carpete, .....



 

PAREDE = fugindo da simples escolha de pinturas de uma única cor na parede, vale também compor nas área molhadas a conjunção entre piso e azulejo, mas existem outras composições que podem ser feito em paredes.
- grafite, azulejo, papel de parede, tecido de parede, quadros, obras de artes, painéis, lambris, .....


FACHADA = edificações vem ganhando cada vez mais uma cuidado quando se trata de suas fachadas, compondo aberturas de janelas, painéis, disfarçamento de instalação de arcondicionado, elementos tridimensionais....
- painéis de vidro, painéis metálicos, alvenaria, painéis pré-moldados, texturas, mosaico, varandas, ...... 

OUTROS = é possível atualmente compor outras paginações em outros elementos do ambiente ou mesmo noutros projetos.
- composição de paisagismo, móveis, cortinas, estofamento, tapete, .....



Marcadores