Pesquisar este blog

Translate

segunda-feira, 30 de abril de 2012

AutoCAD #09: Escalas na represetação gráfica

Uma das grandes dificuldades que salta aos olhos de qualquer projetista, seja ele bom ou ruim é a habilidade em trabalhar as escalas dentro da representação gráfica.


São:

- TEXTOS
- COTAS
- PRANCHAS
- BLOCOS DE DESENHO


Há quem fique louco tentado chegar a uma solução para esses problemas, muitos fazem uso de ferramentas extras ao cad:


- TABELAS

- RÉGUAS
- CALCULADORAS
- RECEITAS E MACETES
- CTRL+C e CTRL+V

Bem eu utilizo todas as ferramentas que me forem possíveis para alcançar o melhor nível de apresentação possível.


Mas nas minhas descobertas descobri algumas ferramentas e receitas simples de se decorar.

- Sempre tenho um régua ou escalímetro na mão para saber qual a melhor medida impressa.
- O uso da calculadora para fazer o cálculo das escalas
- E a configuração de blocos prontos e em tamanhos de fácil escalonamento.

Não achou simples assim?


RÉGUA - comece a medir todas as impressões que mais lhe agradarem, tamanhos de textos, de cotas, de distâncias entre as letras entre os desenho e tudo mais que for necessário.


CALCULADORA - faça a conta de transformação, mas não se esqueça de levar em consideração a unidade do desenho, 1 cm no papel, se metros, será 0,01m para o CAD, se milímetros, será 10mm para o CAD.

Então em metros, 0,01m, na escala 1:100 será 0,01x100 = 1 unidade no CAD
E em milímetros, 10mm, na escala 1:100 será 10x100 = 1000 unidades no CAD.
E isso vale para qualquer medida seja ela desenho ou texto ou cota de seu desenho.
Mas isso é regra para o Model, para o Layout, vale lembrar que a medida é a real do papel, onde 1cm será mesmo 1 unidade no CAD, se utilizar a unidade de centímetro.

BLOCOS PRONTOS - você desenha qualquer bloco, seja ele um elemento de seu  projeto, ou textos, carimbo, e tudo mais, mantenha ele na unidade de sua preferencia e faça esse bloco pensando numa escala fácil de cálculo, por exemplo: 1:1, 1:10, 1:100, 1:1000, desta maneira se precisar escalonar para outras escalas diferentes basta multiplicar pelo resultado da divisão entre as escalas, para 1:50 seria 50; 5; 0,5;0,05; para 1:200, seria 200; 20; 2; 0,2; e assim fica fácil de decorar que valor será esse pois é praticamente o mesmo número da escala que pretende que apareça.





no desenho mesmo em escalas diferentes todos os textos tem tamanhos iguais,
no model o texto precisa ser escalonado, no layout basta somente colocar os textos fora da viewport.

* escrita livre sem referência bibliográfica
link de outras dicas de AutoCAD


quinta-feira, 26 de abril de 2012

AutoCAD #08: UCS

"Meu desenho está torto ou é todo anguloso, não posso rotacionar o desenho o tempo inteiro igual uma folha de papel, meu deus, acho que vou voltar a desenhar na prancheta, assim posso vira a folha à vontade."



Esse é um dos pensamentos mais comuns quando diante de um dilema no CAD, que saberiamos resolver facilmente na prancheta.


Bem vamos explicar de maneira mais GUGU DADA esse negócio de UCS.


Basicamente significa plano cartesiano, aquele tal de X, Y, Z, que deveriamos aprender na disciplina de matemática do colégio.


Mas se é algo tão simpels de colégio, porque não consigo desenhar facilmente como na prancheta?


Porque não é mesmo tão simples assim, mas agora vai ficar tão fácil que você poderá se gabar por aí que sabe tudo de autoCAD, mesmo que não saiba nada, isso será um trunfo que você terá na manga, caso precise mostrar que sabe tudo de autoCAD.


Posso estar exagerando, mas até onde me consta não deixa de ser verdade.


A) Comando UCS > World = Confirme se seu desenho está no plano original do AutoCAD

B) Comando line = faça uma linha da qual gostaria que fosse o seu eixo X e verifique se está paralela ao palno original do AutoCAD, bastando clicar sobre ela ever suas propriedades (comando Match Properties = MO)
C) Comando UCS > E (entidade) = clique na ponta da linha (seu eixo X) que for mais próximo do zero do seu eixo X (exemplo: canto esquerdo da linha)
D) Você notará que o eixo X,Y do CAD se alinhará com a sua linha de desenho.
E) Comando Plan > Current = Basta somente virar a folha do desenho.
F) Assim poderá desenhar em qualquer ângulo do seu desenho super complicado e ângulo sem rotacionar o desenho e sem perder as referências do seu desenho, tomando cuidado, quando for inserir novas referências, blocos ou qualquer novidade, certificar-se que seu desenho está no plano original do desenho (Comando UCS > World).

Seja feliz e sorria, e agora teste essa dica de ouro, seguindo passo-a-passo não tem erro, e se tiver não se desespere, o AutoCAD, é bem claro, é só ir lendo as linhas de comando.



* escrita livre sem referência bibliográfica
link de outras dicas de AutoCAD

.
Para contribuir com a postagem deixe seu comentário
com dúvidas, sugestões, críticas ou elogios
.

domingo, 22 de abril de 2012

AutoCAD #07: Perspectiva Isométrica

Você precisa ou gostaria de fazer um desenho 3D, mas acha muito complicado trabalhar com os comandos 3D do AutoCAD, você acha que só chorando que resolve?


Pois tenho algumas sugestões para você:



Utilize seus cursos de prancheta no CAD somente com recursos de 2D.


1- Perspectiva Isométrica: aquela em que se usa ângulos de 30º.

A) XLline = reta infinita, você define um ponto e o ângulo de 30º para fazer seu desenho

B) drafting setting = configurações para desenho, em Snap or Grid, deixe selecionado Snap Type > Isometric Snap, daí seu cursor só desenhará em perspectiva isométrica, bastando teclar F5 para alterar a face a ser desenhada.

C) desenhar com linhas levando em consideração a sua perspectiva isométrica onde em algum momento seu desenho necessitará de linhas a 30º de inclinação.




2- Perspectiva de Ponto de Fuga: aquela em que se usa uma linha de horizonte e 1, 2, 3,... pontos de fuga.

A) XLline = reta infinita, você define uma linha de horizonte(LH) e seus pontos de fuga (PF), a partir daí usará este comando para traçar suas linhas a partir do PF escolhido, e finalize limpando as parte e linhas do desenho que forem desnecessárias.

3- Vetorização de fotografia: a partir de uma fotografia ou desenho feito a mão, para ser sua base para transformar seu desenho ou imagem em um desenho em CAD.

A) XLline = reta infinita, em cima da foto (imagem ou qualquer jpge) utilize este comando para ligar dois pontos de uma linha qualquer da imagem para achar ângulos e formatos no desenho.

B) Spline = se sua imagem conter linhas sinuosas e curvilíneas, utilize este comando clicando em pontos estratégicos na imagem a fim de contornar com um linha e formar um desenho a partir da imagem.

C) Polyline = linhas de um poligono, utilize este comando para desenhar poligonos contidos na imagem desejada

D) Pedit = configuração de polyline, este comando tem muitas funções dentre algumas delas está, transformar linhas em polilinha ou polígonos, editar grips (pontos nodais de uma entidade de desenho - pontinhos azuis) adicionando ou excluídno grips.





4- Perspectiva Militar ou Cavaleira: a partir de uma projeção (planta, corte, vista, elevação) você desenvolve uma noção de volume.

A) Blocos = apartir do bloco de uma planta ou uma face de um determinado objeto de desenho, traçar linhas paralelas em ângulo de 45º (ou um ângulo mais adequado) em relação a uma linha do desenho a fim de se desenvolver uma planta ou face perspectivada (muito útil para plantas de urbanismo).

5- View isométrico do CAD: a partir do view isométrico você pode desenvolver uma perspectiva a partir de uma projeção (planta, corte, elevação, vista)

A) View Isométric = visualização isométrica do desenho no paper space (Viewport do Layout), a partir daí pode se desenhar sobre uma viewport onde a base a ser perspectivada esteva travada.
B) Metafile (*.wmf) = arquivo de imagem, onde o desenho na view isometric escolhida a parte do desenho deve estar totalmente comtemplada na visualização da janela do AutoCAD, assim você importa a imagem escolhida e selecionada como arquivo metafile e depois importa essa parte do desenho em metafile novamente, mas o desenho voltará como um desenho vetorizado e planificado.




* escrita livre sem referência bibliográfica
link de outras dicas de AutoCAD

.
Para contribuir com a postagem deixe seu comentário
com dúvidas, sugestões, críticas ou elogios
.

AutoCAD #06: Stamp of Student


A essa altura do campeonato, todos que se depararam com essa estampa de AutoCAD versão estudante, já deve saber como se livrar dela, mas pra caso tenha esquecido, por fazer tempo que não passavam mais por isso fica registrado.

1- Salve seu arquivo na extensão DXF
2- Feche o arquivo com extensão DWG sem salvar mais
3- Abra o arquivo com extensão DXF
4- Salve novamente como extensão DWG, de preferencia com outro nome, mas se não achar mal nenhum pode substituir o arquivo antigo ( o tal com stamp of student)
5- E depois é só conferir se a impressão está ok, sem estampa nenhuma
6- E pra finalizar apague o arquivo com extensão DXF, pois ele só ocupará muito espaço na sua máquina desnecessariamente.


* escrita livre sem referência bibliográfica
link de outras dicas de AutoCAD


segunda-feira, 2 de abril de 2012

Portifólio #12: Desenho de Mobiliário


 MOBILIÁRIOS - DETALHAMENTO 



Arquiteta Paola Rosellini
- Data: 2012
- Cliente: Decoração de Residência
- Assunto: Mobiliário Cozinha (Vista e Corte)
- Software: AutoCAD - desenho executivo


- Vista e corte de móveis de cozinha/área de serviço, localização de eletrodomésticos, alturas da bancada e armários, divisão de prateleiras e gaveteiro.

Arquiteto Diego Babat
- Data: 2008
- Cliente: Decoração de Comércio
- Assunto: Ambiente de Espera (planta, vista, corte, perspectiva)
- Software: AutoCAD - desenho executivo / modelagem 3D
- Desenho para fabricação de móvel do caixa de uma loja, vistas, planta, detalhes, perspectiva isométrica, indicações de dimensões e materiais.

Arquiteto Diego Babat
- Data: 2008
- Cliente: Decoração de Comércio
- Assunto: Ambiente de Espera (planta, vista, corte, perspectiva)
- Software: AutoCAD - desenho executivo / modelagem 3D
- Desenho para fabricação de espaço de uma loja, vistas, planta, detalhes, perspectiva isométrica, indicações de dimensões e materiais.

Arquiteta Daniela Romano
- Data: 2008
- Cliente: Decoração de Residência
- Assunto: Móvel Brinquedoteca (Perspectiva 1p.f.)
- Software: AutoCAD - perspectiva 2D
- Perspectiva por ponto de fuga de conjunto de marcenaria de uma brinquedoteca de uma residência.

Arquiteta Heloisa Ferrari
- Data: 2006
- Cliente: Decoração de Comércio
- Assunto: Balcão (planta, vistas, corte, perspectiva)
- Gaveteiro Rodízio  (planta, vistas, corte, perspectiva)
- Software: AutoCAD - desenho executivo / isométrica
- Desenho para fabricação de móbiliários para uma loja, vistas, planta, detalhes, perspectiva isométrica, indicações de dimensões.



Marcadores